Digital ***Rádio e Tv: O VAI e as pessoas com deficiência - Programa VAI
Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

O VAI e as pessoas com deficiência - Programa VAI

 
    
              
              O acesso dos deficientes a cultura é um assunto importante e que merece destaque nas políticas culturais da cidade.
            Na esfera municipal o responsável pela garantia dos direitos à pessoa com deficiência é a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, que trabalha de forma transversal em parceria com outras secretarias. Nas últimas três Viradas Culturais, por exemplo, a Secretaria Municipal de Cultura em articulação com a SMPED, garantiu à população com deficiência acesso à programação completa. 
             No edital do Programa VAI também está incluído como possíveis "impactos positivos" a serem considerados no momento da avaliação o atendimento à pessoa com deficiência. No ano de 2015 o VAI está apoiando quatro projetos desenvolvidos por pessoas portadoras de deficiência ou com atividades voltadas a esse público.

               Um deles é o projeto Aleijadinho, do VAI II, que consiste em produzir um espetáculo baseado na obra do artista Aleijadinho "Os 12 Profetas" que terá a participação de pessoas deficientes na construção e montagem. Além da realização do espetáculo, o grupo pretende organizar um encontro de artistas com deficiência. "Uma questão é a inclusão do deficiente na sociedade através da arte. É muito comum vermos espetáculos de danças e teatro feitos para deficientes assistirem (tradutor de libras, por exemplo), mas não tão comum assim ver espetáculos com deficientes participando dele junto com não deficientes... Por isso optamos em um espetáculo de teatro onde possamos interagir atuar juntos... trocar experiências... sentir as dificuldades e maneiras como se adaptam a sua deficiência." Disse Valdir Carlos da Silva, que é proponente do projeto no VAI 2015, ele contou também o porquê da escolha do nome Aleijadinho para o projeto "Diversos Motivos... Primeiro dele, é por  quem foi Aleijadinho  - Um grande escultor mineiro, que mesmo depois de ser acometido por uma doença que paralisava membros do seu corpo, nunca deixou de realizar suas grandes e maravilhosas obras. – Superação. Novos Fulanos é um grupo que gosta de misturar linguagens artísticas... Aleijadinho podemos falar de Teatro, Arte e História e ainda a Inclusão de deficientes."

Projeto Aleijadinho

        O projeto DJ Sem Barreiras, que está no segundo ano de VAI, oferece oficinas de DJ para deficientes visuais, o diferencial do projeto é que o instrutor das oficinas também é deficiente visual. Segundo o DJ Anderson da Mata, proponente do projeto, esse é mesmo um ponto forte da ação "O instrutor sabe muito bem passar as informações aos seus alunos. Nada melhor, um profissional que entenda bem as dificuldades das pessoas com deficiência.". Disse.


Projeto DJ sem Barreiras

            O projeto Pé de Sonho tem o objetivo de lançar um livro infantil queserá publicado em língua portuguesa e Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para atingir também o público deficiente. O lançamento será no CEU Cidade Dutra com a participação de alunos de todas as Escolas Municipais de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) que vão ganhar um livro e um DVD com a história.
Segundo a proponente Amanda Oliveira, esse projeto é importante porque as crianças surdas não encontram referências nos meios de comunicação, nem mesmo nas ações culturais.
"Este projeto se vê importante por alcançar um público que normalmente não é atingido pelas publicações e grupos de narração de histórias infantis, as crianças surdas. A Língua Brasileira de Sinais (Libras), por mais que já tenha sido reconhecida legalmente, ainda esta em processo de conquista de territórios. São pouquíssimas ações culturais que tem a Libras como foco, e por causa disso falta representatividade desta língua no campo midiático, cultural e social. Com este projeto esperamos criar referenciais lingüísticos e sociais para essas crianças. (...) Uma criança surda não tem muitas referências de sua própria língua nos meios de comunicação, e por se basear muito mais em aspectos visuais suas relações com o mundo e estruturação do pensamento seguem outra lógica."
Apesar disso, Amanda nota que o mercado cultural tem começado a dar espaço para esse tipo de ação "Hoje em dia o mercado começa a perceber não somente a necessidade, mas a demanda de publicações adaptadas.".


Projeto Pé de Sonho

          O espetáculo Alvorada do grupo Centro de Pesquisa da Máscara não utilizava comunicação verbal para contar a sua história, por isso, foi difundido entre o público surdo. "(...) quando o espetáculo ALVORADA ficou pronto, estreou e circulou por todas as Escolas Municipais de Educação Bilíngue para Surdos". (...) Esse tipo de projeto é fundamental para que haja de fato uma inclusão dessa comunidade, possibilitando a eles a fruição e o encontro com a arte. Foi bastante positivo, quando eles nos disseram que se sentiam incluídos, pois percebiam que neste espetáculo, em especial, ouvintes e não ouvintes estavam vendo o mesmo, não existia a necessidade de nada e nem ninguém que intermediasse a relação deles com a peça, o que tornava a recepção de todos nós: igual. Essa sensação de igualdade e de possibilidade de comunicação é inexplicável!


Espetáculo Alvorada do Centro de Pesquisa da Máscara
               
               Recentemente o jornal Folha de São Paulo, noticiou que uma Biblioteca virtual para deficientes visuais foi desenvolvida pela Fundação Dorina Nowill para Cegos e está no ar a partir desse mês. O objetivo é que o site tenha até 4.500 livros, sendo 700 infantis.
               O conteúdo da biblioteca terá acesso gratuito, basta se cadastrar no site. Entre os títulos estão livros clássicos infantis, como "Alice no País das Maravilhas", "Pinóquio" e o "Pequeno Príncipe". Os títulos estarão disponíveis em três formatos: livro falado, em braile (para impressão) e o formato Daisy, equipado com recursos para ajudar na navegação do usuário.          
              A representatividade da comunidade deficiente nas políticas culturais vem crescendo a cada ano. Na 3ª Conferência Municipal de Cultura, realizada em Agosto de 2013, por exemplo, foram aprovadas três propostas que tratavam dos direitos à inclusão e participação nas políticas públicas de fomento à produção e difusão cultural, bem como a preservação da memória e o acesso a eventos artísticos para a comunidade deficiente.

VAI nos Teatros!

Posted: 02 Oct 2015 03:40 PM PDT


Durante os meses de Outubro e Novembro o Programa VAI ocupará os Teatros Distritais de São Paulo!
São 17 atrações entre espetáculos de teatro e dança.
Confira a programação:

A primeira atração será o espetáculo SAGA|TIBA no Teatro Zanoni Ferrite hoje (02/10) e amanhã (03/10) as 20h e domingo (04/10) as 19h. Dirigido pelo bailarino Renan Marangoni o espetáculo discute o papel da sociedade em relação ao desaparecimento de pessoas no Brasil através de depoimentos e estatísticas. O espetáculo traz o ápice corporal dos intérpretes-criadores em uma eterna busca de possibilidades, colocando como caminho para a história seu corpo a prova de um aprofundamento excessivo até exaustão, fazendo ao público algumas questões: O que é Saudade? O que é Ilusão? O que é o sentimento de perda? O que você busca?

E também nesse sábado (03/10) e domingo (04/10) tem o espetáculo "Okê? Yê! História de irmão mais velho" no mesmo Teatro Zanoni Ferrite as 16h.

O restante da programação por final de semana vamos atualizando por aqui e pelo nosso Facebook.


Segue abaixo a programação completa dos dois meses:

"SAGA|TIBA"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 02, 03 E 04 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"OKE?YE – HISTÓRIA DE IRMÃO MAIS VELHO"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 03 E 04 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SÁBADO E DOMINGO ÀS 16 HORAS

TEATRO ALFREDO MESQUITA
DIAS 10 E 11 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SÁBADO E DOMINGO ÀS 16 HORAS

"IN'FINITUDE'"
TEATRO ALFREDO MESQUITA
DIAS 09, 10 E 11 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 21 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"APRECIANDO E APRENDENDO JAZZ"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 09, 10 E 11 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"NASCEMOS TODOS MORTOS"
TEATRO ALFREDO MESQUITA
DIAS 16, 17 E 18 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 21 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 23, 24 E 25 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"ALVORADA"
TEATRO FLÁVIO IMPÉRIO
DIAS 16, 17 E 18 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"AMOR FATI"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 16, 17 E 18 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"Ô SAUDADE..."
TEATRO ALFREDO MESQUITA
DIAS 23, 24 E 25 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 21 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"PICADEIRO CULTURAL"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 24 E 25 DE OUTUBRO DE 2015
HORÁRIO: SÁBADO E DOMINGO ÀS 16 HORAS

"Festival de Repentistas Amigos de São Paulo"
TEATRO LEOPOLDO FRÓES
DIAS 30 E 31 DE OUTUBRO E 01 DE NOVEMBRO DE 2015
 HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"KANTUPAC"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 30 E 31 DE OUTUBRO E 01 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"São Paulo Refúgio"
TEATRO LEOPOLDO FRÓES
DIAS 06, 07 E 08 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"CLÁSSICOS DAS RUAS"
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 06, 07 E 08 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

TEATRO FLÁVIO IMPÉRIO
DIAS 13, 14 E 15 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

"CARMEM"
TEATRO LEOPOLDO FRÓES
DIAS 13, 14 E 15 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

TRIO CIA. DA DANÇA
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 13, 14 E 15 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

Novos Fulanos Grupo Teatral
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 20, 21 E 22 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SEXTA E SÁBADO ÀS 20 HORAS E DOMINGO ÀS 19 HORAS

CIA GRAMA VERDE
TEATRO ZANONI FERRITE
DIAS 21 E 22 DE NOVEMBRO DE 2015
HORÁRIO: SÁBADO E DOMINGO ÀS 16 HORAS

ENDEREÇOS

TEATRO ZANONI FERRITE - Av. Renata, 163 - Vila Formosa, São Paulo
TEATRO LEOPOLDO FRÓES - R. Antônio Bandeira, 114 - Vila Cruzeiro, São Paulo
TEATRO FLÁVIO IMPÉRIO - R. Prof. Alves Pedroso, 600 - Cangaiba, São Paulo
TEATRO ALFREDO MESQUITA - Avenida Santos Dumont, 1770 - Santana, São Paulo
 
 
 

Por: Carolina Flauzino