Digital ***Rádio e Tv: Aplicativo permite monitorar promessas de Haddad
Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Aplicativo permite monitorar promessas de Haddad


Imagem: Rede Nossosãopaulo    

 
Por meio do De Olho nas Metas é possível conferir as obras e denunciar o que não está sendo realizado


A cada novo mandato os prefeitos eleitos de São Paulo têm a obrigatoriedade de apresentar um plano de metas para os próximos quatro anos. À população sobra uma missão quase impossível: descobrir o que está sendo efetivamente feito.

Para deixar esse trabalho um pouco mais fácil, a ONG Rede Nossa São Paulo lançou uma plataforma digital que permitirá a qualquer pessoa acompanhar o andamento de uma obra ou denunciar que ela não está sendo realizada.

O site De Olho nas Metas mapeia todas as 123 propostas apresentadas por Fernando Haddad quando o petista assumiu a Prefeitura. Segundo a coordenadora de indicadores da Rede Nossa São Paulo, Clara Mayer, o aplicativo é uma tentativa de acompanhar, ainda mais de perto, a execução dos planos da Prefeitura.

"A Rede Nossa São Paulo já fazia análises das metas cumpridas, mas queríamos abrir isso para mais pessoas participarem. A gente quis criar uma interação para agregar mais informações", explicou Clara.

Essa interação é feita na plataforma por meio de denúncias. Qualquer pessoa, do celular ou  no site (http://deolhonasmetas.org.br/home),  pode informar  o andamento das obras e postar comentários, fotos e arquivos de áudio.

Neste primeiro momento as postagens só podem ser feitas  no site.  Até a próxima quarta-feira o aplicativo deve estar disponível para download gratuito  no Google Play Store  e na App Store. O site permitirá ainda seguir tópicos de interesse e ser avisado em tempo real, por SMS ou e-mail,  sempre que haja algum avanço ou mudança no projeto.

Apesar de um dos objetivos da ferramenta ser melhorar a comunicação entre a Prefeitura, integrantes do conselho participativo da cidade e a população, a Rede Nossa Paulo diz que, para isso acontecer, o poder público precisa participar.

"O site não faz a ligação direta com a Prefeitura, então ainda não sabemos se eles vão aderir ao aplicativo e se vão consultá-lo pra verificar os comentários e as reclamações", afirmou Clara.

Positiva

Valter Batista, especialista em gestão pública, elogia a medida. "Desde que esse sistema seja adequadamente alimentado, a inciativa é muito positiva." Valter, porém, faz um alerta: "A ferramenta  precisa de tempo para ser assimilada e, se não for bem didática, as pessoas não a utilizarão".

Atividades da Câmara também serão avaliadas

Com 55 vereadores apresentando e votando propostas, acompanhar a atividade legislativa da Câmara Municipal e ter um balanço que preze qualidade, e não quantidade, é uma tarefa complicada, mas não impossível.

A Rede Nossa São Paulo também lançou o "Legislativos/Cidades Sustentáveis",  um balanço que avalia a  produção de leis na capital paulista.

Os 89 projetos aprovados em 2013 e 2014 foram avaliados por  organizações não partidárias, encaixados em 12 eixos diferentes do Programa Cidades Sustentáveis e receberam notas de "-3" a "+3". Sendo o primeiro valor  negativo; 0, nulo; e +3, positivo. 

Segundo o assessor de politicas públicas da Rede Nossa São Paulo, Hugo Albuquerque, o resultado do primeiro levantamento foi mediano. "A média final de avaliação foi de 1,33, o que representa um impacto positivo médio para cidade", contou.

Hugo explicou ainda que o Legislativo ter  uma nota alta é um bom sinal para a capital. "Não há garantia que vai melhorar algo com a adoção desses projetos, mas pelo menos sabemos que há um plano para que isso aconteça."


Por  Tarla Prado
Matéria publicada no Rede NossaSP.
    http://facebook.com/digitalradiotv