Digital ***Rádio e Tv: Abril 2014
Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção


Maravilhas do milho

 

Quando um alimento tem um Dia Internacional só para comemorar a sua existência, podemos imaginar o quanto ele é especial.
Por isso, convidamos a Dra. Telma Sigolo, nutróloga da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, para nos contar mais sobre este cereal.

milho

Acredita-se que o milho tenha se originado no México, e existem indícios que este alimento é utilizado por humanos há mais de 12.000 anos. Atualmente o cereal é utilizado em todos os continentes, tanto para alimentação de humanos quanto na ração de animais, por ser um dos alimentos mais nutritivos que existem e possuir quase todos os aminoácidos conhecidos.

Dra. Telma explica: "o milho é fonte tanto de carboidratos, que são nutrientes energéticos, quanto de proteína, o nutriente envolvido no ganho de massa muscular. Ele também é rico em vitaminas c e b, com grande potencial antioxidante".

A médica também destaca outra característica interessante do milho: ele não perde propriedades quando conservado, seja enlatado ou congelado.

Apesar de poder ser usado para fabricar pão, o milho não contém glúten, sendo uma boa opção para pessoas com esta restrição alimentar.

"O milho não é refinado. Ao contrário do trigo e do arroz, sua casca não é retirada antes do consumo. Por isso este alimento é rico em fibras, que ajudam no bom funcionamento do intestino, na prevenção de doenças e no controle do peso."

No México, o consumo anual de milho é de mais de 100kg por pessoa. Já no Brasil, a média fica entre 20 e 50kg por pessoa. Apenas 15% da produção de milho do país é destinada para consumo humano, principalmente porque a maior parte dos brasileiros não conhecem as vantagens deste alimento.

Fonte: Dra. Telma Sigolo, nutróloga da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo

O post Maravilhas do milho apareceu primeiro em Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção.

 
     DIVULGAÇÃO
    
 
 
 

Cultura acessível: museus passam a ter entrada gratuita aos sábados

 

MIS - divulgação

MIS -
            divulgação

MIS é um dos museus da cidade que passam a ter entrada totalmente Catraca Livre aos sábados

Como parte das comemorações da Semana Nacional de Museus, que acontece entre 12 e 18 de maio, as 18 instituições museológicas da Secretaria de Estado da Cultura passam a ter entrada totalmente Catraca Livre aos sábados – sem previsão para terminar. Essa é a possibilidade de conhecer diversas formas culturais diferentes aos finais de semana e sem gastar nada.

Confira abaixo todas as instituições participantes:

Casa das Rosas 
Endereço: Av. Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo-SP
Estação Brigadeiro do Metrô (850m)
Tel.: (11) 3285-6986 | 3288-9447
Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h | domingos e feriados, das 10h às 18h.
Grátis
www.casadasrosas.org.br

Casa Guilherme de Almeida
Endereço: R. Macapá, 187 – Pacaembu – São Paulo-SP
Metrô Sumaré (900m)
Tel.: (11) 3673-1883 | 3672-1391
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h.
Grátis
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Catavento – Espaço Cultural da Criança 
Endereço: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP.
Estação Dom Pedro II (600m)
Tel: (11) 3315-0051
Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h).
Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.
R$ 6,00 | Grátis aos Sábados
www.cataventocultural.org.br/mapas.asp 

Memorial da Resistência
Endereço: Largo General Osório, 66 – Luz – São Paulo-SP
Metrô Luz (500m)/ CPTM Julio Prestes (240m)
Tel.: (11) 3335-4990
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h30
Grátis
Agendamento de visitas educativas 3324.0943 ou 0944
www.memorialdaresistenciasp.org.br

Museu Afro Brasil 
Endereço: R. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Pavilhão Manoel da Nóbrega – Parque do Ibirapuera, portão 10 – São Paulo-SP
Estacionamento pelo portão 3 (cartão Zona Azul)
Tel.: (11) 3320-8900
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h (entrada até as 17h)
R$ 6,00 | Grátis às quintas-feiras e sábados
www.museuafrobrasil.org.br

Museu da Casa Brasileira 
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2,705 – Jardim Paulistano – São Paulo-SP
CPTM Cidade Jardim (850m)
Tel.: (11) 3032-3727 / 3032-2564
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 4,00 | Grátis aos sábados, domingos e feriados
Entrada gratuita para crianças até 10 anos e idosos acima de 60 anos
www.mcb.org.br

Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: Av. Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo-SP
Tel.: (11) 2117-4777
Funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 22h | sábados, domingos e feriados, das 11h às 21h
Entrada gratuita às terças-feiras. Aos sábados, acesso grátis às exposições do térreo e do acervo.
www.mis-sp.org.br

Museu da Língua Portuguesa
Endereço: Praça da Luz, s/nº – Luz – São Paulo-SP
Metrô e CPTM Luz (0m)
Tel.: (11) Tel.: (11) 3322-0080
Funcionamento: de terça a domingo das 10h às 18h. Aberto até 22h toda última terça-feira do mês (bilheteria fecha às 21h).
R$ 6,00 | Grátis aos sábados. Até o final de 2014, grátis também às terças-feiras.
Entrada gratuita para professores da rede pública com holerite e carteira de identidade; crianças até 10 anos e adultos a partir de 60 anos.
www.museulinguaportuguesa.org.br

Museu de Arte Sacra
Endereço: Av. Tiradentes, 676 – Luz – São Paulo-SP
Tel.: (11) 3326.3336
Metrô Tiradentes (60m)
Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 10 às 18h.
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Entrada gratuita para maiores de 60 anos, crianças até 7 anos, professores da rede pública (com identificação) e até 4 acompanhantes
www.museuartesacra.org.br

Museu do Futebol
Endereço: Praça Charles Miller, s/nº – Estádio Paulo Machado de Carvalho – Pacaembu – São Paulo-SP
Estação Cínicas do Metrô (1,5 km)
Tel.: (11) 3664-3848
Funcionamento: terça a domingo das 9h às 17h. De 13 de maio a 13 de julho, o museu abrirá das 9h às 22h (bilheteria até 21h).
R$ 6,00 | Grátis às quintas-feiras e aos sábados. Meia-entrada para estudantes com carteirinha, idosos, aposentados e professores da rede pública (estadual e municipal)
www.museudofutebol.org.br

Estação Pinacoteca
Largo General Osório, 66 – Luz – São Paulo/SP
Metrô Luz (500m)
CPTM Julio Prestes (240m)
Tel.: 11 3335-4990
Funcionamento: Terça a domingo das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
R$ 6,00 | Grátis aos sábados.
O ingresso dá direito a uma visita à Pinacoteca.
Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.
www.pinacoteca.org.br

Paço das Artes
Endereço: Av. da Universidade, I – Cidade Universitária/USP – Butantã – São Paulo-SP
Tel.: (11) 3814-4832
Funcionamento: de terça a sexta, das 11h30 às 19h | sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 17h30
Visitas monitoradas: de terça a sexta-feira, das 9h às 18h30
Grátis
www.pacodasartes.org.br

Pinacoteca
Endereço: Praça da Luz, 2 – Luz – São Paulo-SP
Tel.: (11) 3324-1000
Metrô e CPTM Luz
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h). Às quintas-feiras até às 22h.
R$ 6,00 | Grátis aos sábados (dia todo) e às quintas (após 17h).
O ingresso dá direito a uma visita à Estação Pinacoteca.
www.pinacoteca.org.br

Serviço

O Que:
Entrada gratuita em museus da cidade aos sábados

Quando:
  • de 10/05 a 20/12
    • Sábados das 10:00 às 20:00
Quanto:
Grátis


Obs:
Confira todos os locais e horários de funcionamento dos equipamentos no texto acima

As informações acima são de responsabilidade do estabelecimento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
--     Vanessa R. C. dos Santos   ABC Criativa  Tel.(11)2033-0159  Cel.(11)97291-4436  www.ongcriativa.org


Fw: Fábrica de Cultura de Itaim Paulista recebe a peça ‘O Grande Mágico Mistério’


A Fábrica de Cultura de Itaim Paulista promove um espetáculo teatral de mágica no mês de maio. Nos dias 02 e 03, sexta e sábado, o público terá a oportunidade de estimular a curiosidade e a imaginação com "O Grande Mágico Mistério".

O espetáculo será apresentado na sexta, das 16h às 17h e no sábado, das 15h às 16h. Em todas as apresentações serão distribuídos gratuitamente 290 ingressos na recepção da Fábrica de Cultura uma hora antes das apresentações.

A peça dirigida por Pedro Granato e estrelada por Ricardo Malerbi e Diego Dac, retrata a história de um menino que acha que pode encontrar a resposta para todas a perguntas em seu computador. Ele visita à casa do Mágico Mistério e aprende com muitas perguntas que a vida é cercada de mistério. Por que a gravidade nos atrai? De onde vem o leite da vaca? Como começou o universo? Para onde vamos? Um espetáculo surpreendente a todos os públicos.

divulgação

divulgação

O espetáculo acontece na sexta, das 16h às 17h e no sábado, das 15h às 16h. A entrada é Catraca Livre.

A unidade integra o programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura e do Governo do Estado de São Paulo.

Serviço

O Que:
Espetáculo teatral infantil "O Grande Mágico Mistério" na Fábrica de Cultura de Itaim Paulista

Quando:
  • Sex 02/05
    • das 16:00 às 17:00
  • Sáb 03/05
    • das 15:00 às 16:00
Quanto:
Grátis

As informações acima são de responsabilidade do estabelecimento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
--     Vanessa R. C. dos Santos   ABC Criativa  Tel.(11)2033-0159  Cel.(11)97291-4436  www.ongcriativa.org


Cultura Leste - São Mateus em destaque.

 

Casa de Cultura São Mateus e a sua nova Sede!

 

A Subprefeitura de São Mateus através da Supervisão de Cultura e do Fórum Cultural, Convida toda a População para a Inauguração da nova Sede da Casa de Cultura
Programação de Reinauguração:
Rua: Jose Francisco dos Santos,502 -Jd. Tiete
Fone 3793-1071
Oficineiros e Parceiros que ao longo dos anos Ajudaram a Manter viva a Casa de Cultura
Vamos conhecer um pouco da Casa de Cultura São Mateus?
No Vídeo Abaixo Atividades durante o tempo em que a Casa esteve em Funcionamento.
Você Sabia?
Que na  gestão da Prefeita Martha Suplicy em 2002 com O fórum de cultura de são Mateus organizado pela coordenadora de Assistência Social, Sheyla Maria S. Ollala deu se o inicio de concretizar a instalação da casa de cultura, Foi escolhido o CDM Centauros no Jd. São Rafael, PA nº 2004-0.181.626-1.
Sendo que  o local foi vistoriado algumas vezes pelo pessoal do Departamento de Expansão Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, e mesmo assim a coisa foi se arrastando toda a gestão.
Até que na gestão do Prefeito José Serra através da Coordenadora Vera Lucia B. Nogueira, Depois de analisar o local já que se encontrava com muitos problemas inclusive judicialmente, optou se por alugar um imóvel em uma área central de São Mateus?
Rua Tita Ruffo, 1.016 CEP- 03965-000- Travessa Mateo Bei Alt.2.800.
O Subprefeito na época  Dr. Clóvis Luiz Chaves em forma de Despacho autorizou a Instalação da Casa de cultura no Inicio de 2007.
Você Sabia?
Devido as Reformas e Adaptação já que o Imóvel locado era uma Escolinha Infantil, Equipamento só foi entregue pronto para funcionar no final de 2007?
Você Sabia?
Que as primeiras Oficinas aconteceram em Março e Abril de 2008 e o segundo Semestre do mesmo ano foi o único Modulo que os Monitores fora Remunerados?
E, que a partir de 2009 a casa sempre trabalhou  em Dois (2) Módulos de 04 Meses cada, e Ate o final de 2011.
Os oficineiros todos eles eram Voluntários, Inclusive o Funcionário Responsável e as Oficinas nunca tiveram uma Interrupção se quer?
Nova sede da Casa de Cultura
Rua: Jose Francisco dos Santos,502 -Jd. Tiete
Fone 3793-1071

DIVULGAÇÃO
 

Fábricas de Cultura da Zona Leste recebem shows especiais de Hip Hop


Fábricas de Cultura da Zona Leste recebem shows especiais de Hip Hop

Rede_Catraca_CatracaLivre11

As Fábricas de Cultura de Vila Curuçá, Itaim Paulista, Parque Belém - unidades do programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura e do Governo do Estado de São Paulo – situadas na Zona Leste, receberão neste final de semana e no mês de Maio uma sequência de shows de Rap e Hip Hop.

Os Rappers Terra Preta, Doctor

Os                Rappers Terra Preta, Doctor's MC's, Monarckas, SubZero,                Viegas, Ras MC, Cojaque na Cena e grupo Família Justa                Causa se apresentam em todas as Fábricas de Cultura da                Zona Leste.

Os Rappers Terra Preta, Doctor's MC's, Monarckas, SubZero, Viegas, Ras MC, Cojaque na Cena e grupo Família Justa Causa se apresentam em todas as Fábricas de Cultura da Zona Leste.

O evento Hip Hop Show contará com as presenças de artistas como Terra Preta, do sucesso "Os Muleke é Zica", grupo de rap Família Justa Causa, com o atual sucesso "É aquilo", os rappers Cojaque na Cena, Ras MC, Viegas e Doctors MC's, do sucesso "Tic Tac", além de participações especiais do rapper SubZero e do grupo Monarckas.

Os artistas se apresentam na Fábrica de Itaim Paulista no dia 4 de maio, das 13h às 17h. E para encerrar a sequência, as atrações do evento sobem ao palco novamente nas Fábricas de Vila Curuçá, no dia 11 de maio e na Fábrica Parque Belém, no dia 18, ambos também a partir das 13h.

Todos os shows serão gratuitos, com início às 13h. Serão distribuídos 290 ingressos na recepção da Fábrica uma hora antes de cada evento.

Serviço

O Que:
Hip Hop Show nas Fábricas de Cultura da Zona Leste esta semana e no mês de Maio

Quando:
  • Sáb 26/04
    • das 13:00 às 17:00
  • Dom 27/04
    • das 13:00 às 17:00
  • Dom 04/05
    • das 13:00 às 17:00
  • Dom 11/05
    • das 13:00 às 17:00
  • Dom 18/05
    • das 13:00 às 17:00
Quanto:
Catraca Livre

Onde:


As informações acima são de responsabilidade do estabelecimento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
--   Atenciosamente  Vanessa R. C. dos Santos       ABC Criativa  Tel.(11)2033-0159  Cel.(11)97291-4436  www.ongcriativa.org

Encontro: Vem Brincar



Encontro: Vem Brincar Ações para a Cidadania
É um convite à discussão sobre a importância da cultura lúdica na construção e desenvolvimento do ser humano. Por meio de teorias, vivências e vídeos, o encontro abordará o brincar de maneira livre como forma de estreitamento de vínculos intergeracionais e prioridade no cotidiano de crianças. Local: Oficina 3. Recomendado para pais e educadores.

Cláudia Diogo: Arte-educadora, atriz e pesquisadora da cultura lúdica com especialização em gestão cultural, coordenou brinquedotecas públicas pelo Instituto Brinquedo Vivo.  Desenvolve projetos, consultoria e formação na linguagem do brincar pela Volta e Meia - Projetos Lúdicos. É técnica do Guia de Brinquedos da ABRINQ – Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos.

Ariane Andrade: Cientista social e arte-educadora. Desde 2010 trabalha com cultura lúdica, em projetos de educação e lazer, formações de educadores e consultorias. Atuou como formadora de educadores e gestores no Projeto Brincar do CENPEC. Atualmente é formadora de educadores na Secretaria de Educação de São Paulo no Projeto Territórios da Infância.

Volta e Meia – Projetos Lúdicos
Através de formação na arte do brincar, consultorias e desenvolvimento de projetos lúdicos, a Volta e Meia tem a missão de multiplicar o conhecimento teórico e prático da arte do brincar, em sua característica mais valorosa, a de criar vínculos entre pessoas, independente da idade, sexo, religião ou etnia.


24/05/2014 10h às 14h
Belenzinho
--   Atenciosamente  Vanessa R. C. dos Santos       ABC Criativa  Tel.(11)2033-0159  Cel.(11)97291-4436  www.ongcriativa.org


Biblioteca Convida: Prazer em (re)conhecer, sou Carolina!

 

Prazer em (re)conhecer, sou Carolina!

Programação em homenagem à Carolina Maria de Jesus

 



Em 14 de março de 2014, completou-se o centenário do nascimento de Carolina Maria de Jesus, autora do famoso livro Quarto de Despejo (1960). Para comemorar este momento, o Proj. Editorial Ciclo Contínuo organizou um conjunto de ações artístico-culturais com a intenção não somente de homenagear, mas oferecer ao público a oportunidade de entrar em contato com a história e produção intelectual dessa importante referência da literatura feminina e periférica.

 

Carolina Maria de Jesus – Lição de vida e arte
Com Abelardo Rodrigues.
Bate-papo com lançamento do jornal "Ano Centenário Carolina Maria de Jesus" e a intervenção lítero-musical "Um poema para Carolina", de Tula Pillar. 
Durante o encontro, a exposição Varal de Carolina, com imagens e textos da autora.

 

DIA: 29 de abril (terça)   -   HORÁRIO: 14h

 

LOCAL:

Biblioteca Pública Raimundo de Menezes

Av. Nordestina, 780 – CEP 08021-000 - São Miguel Paulista – São Paulo – tel.: (11) 2297-4053a

bcsp.rmenezes@prefeitura.sp.gov.br - bmraimundomenezes@gmail.com

(PRÓXIMO AO HOSPITAL TIDE SETUBAL)

 

 

 

     DIVULGAÇÃO

  

Balão intragástrico é alternativa para redução de peso e qualidade de vida

 

O dia 26 de abril é datado como Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, para a data, a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) explica que como alternativa para o combate à obesidade e consequentemente redução da hipertensão, existe o balão intragástrico, procedimento que possibilita a perda de peso em média de 15 a 20% em seis meses.

 

Balão intragástrico é alternativa para redução de peso e qualidade de vida


Método tem sido adotado com alto índice de segurança e proporciona perda de peso em média de 15 a 20% em seis meses


O percentual elevado de pessoas que possuem doenças ligadas ao excesso de peso tem preocupado especialistas em todo o país pelo fato de gerar doenças como diabetes e hipertensão, entre outras. De acordo com o diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), Ricardo Anuar Dib, o tratamento para perda de peso com balão intragástrico é um método seguro e eficaz para a redução de peso, com importante melhora na qualidade de vida, para pessoas com o Índice de Massa Corpórea (IMC) a partir de 27.


Segundo estudo que contou com parceria da SOBED, entre 1000 pessoas entrevistadas, 80,5% acreditam que o tratamento com o balão é indicado somente para casos de obesidade mórbida, porém a recomendação é também para pacientes com sobrepeso ou obesidade. "Com o balão intragástrico o paciente tem uma redução de peso em média de 15 a 20% em seis meses, e em alguns casos o paciente poderá fazer a recolocação após este período", explica Dib.


O procedimento para colocação e retirada, é realizado por meio de uma endoscopia em ambiente hospitalar, com paciente sedado e com duração média de 20 minutos. O balão é introduzido por via oral e é preenchido com soro fisiológico e azul de metileno (com volume de 400 a 700ml).


O procedimento também conta com o apoio de equipe multidisciplinar, com nutricionista, psicólogo, e preparador físico, para uma mudança dos seus hábitos comportamentais e alimentares, para viabilizar a manutenção dos resultados conquistados após a retirada do balão.


Exercitar-se sempre e manter uma alimentação equilibrada são aliados da balança e ajudam a evitar doenças que acompanham os pacientes com sobrepeso e obesidade. "É fato em nossa realidade médica que sem um apoio multidisciplinar e ferramentas efetivas de estímulo e subsídio ao paciente a longo prazo, a grande maioria das tentativas para emagrecer não persistem e acabam em frustração", completa o endoscopista.



Nas primeiras 72 horas após a implantação do balão intragástrico no paciente, é comum alguns pacientes terem sintomas devido ao organismo considerar o balão um corpo estranho. Os sintomas são: enjoo, dor abdominal e vômito, que podem ser tratados com medicações efetivas e que melhoram este quadro.

É importante ressaltar que o paciente deve conhecer as contraindicações do procedimento antes mesmo de pensar em realiza-lo. Assim, é necessário passar em consulta com especialista para avaliação e realização de uma endoscopia prévia para saber se o paciente apresenta algum tipo de contraindicação, entre elas: cirurgia gástrica prévia, hérnia de hiato maior que 5 cm, esofagites graves, úlceras ativas, gastrites erosivas, distúrbio de coagulação, lesão potencialmente hemorrágica no trato gastrointestinal superior, gravidez, desejo de engravidar a curto prazo, pacientes em fase de amamentação, alcoolismo ou drogas, doença hepática grave, entre outras.


Como calcular o IMC


O cálculo do IMC é feito com a divisão do peso pela altura ao quadrado. Conforme exemplo abaixo:

Se o peso do paciente é 80 kg e altura 1,80m, a fórmula para calcular o IMC fica:

IMC = 80 ÷ 1,802
IMC
 = 80 ÷ 3,24
IMC
 = 24,69


Após o resultado, confira na tabela abaixo qual é o seu Índice de Massa Corporal:


Resultado

Situação

Abaixo de 17

Muito abaixo do peso

Entre 17 e 18,49

Abaixo do peso

Entre 18,5 e 24,99

Peso normal

Entre 25 e 29,99

Acima do peso

Entre 30 e 34,99

Obesidade I

Entre 35 e 39,99

Obesidade II (severa)

Acima de 40

Obesidade III (mórbida)





Caroliny Nogueira
Assessoria de Comunicação

(11) 3875-6296
carolinynogueira@rspress.com.br

 
     DIVULGAÇÃO
  
 
 
 

Diagnóstico precoce é falho em câncer de esôfago, 6º tipo mais incidente em homens

 

Raquel Ribeiro
Assessoria de Comunicação

(11) 3875-6296
raquelribeiro@rspress.com.br
www.rspress.com.br 



Diagnóstico precoce é falho em câncer de esôfago, 6º tipo mais incidente em homens


Para Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) faltam políticas públicas para conscientizar a população

 

A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de esôfago, doença silenciosa e está em 6º lugar das doenças mais frequentes em homens e ocupa o 15º quando se trata de mulheres, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca).


Segundo o endoscopista, Gustavo Andrade de Paulo, diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), faltam políticas públicas para esse tipo de enfermidade que é silenciosa. "Quando há fator de risco, a endoscopia digestiva deve ser realizada porque se o paciente só fizer o exame quando estiver com sintomas, pode ser tarde demais."

O principal sintoma dos pacientes com suspeita de câncer de esôfago é a dificuldade de ingerir os alimentos. "Dor ao engolir, emagrecimento, tosse, pneumonia por refluxo e rouquidão são alguns indícios da doença" explica De Paulo.  Segundo ele, os maus hábitos também influenciam alguns indivíduos a desenvolverem a doença. "Hábitos como fumar e ingerir bebidas alcoólicas podem causar o câncer de esôfago. Como também pessoas que tem por costume ingerir frequentemente líquidos quentes aumentam a chance de desenvolver o mal" finaliza.


Responsável por 96% dos casos, o tipo de câncer de esôfago mais comum é o carcinoma epidermoide escamoso. As estimativas do Inca apontam que só em 2014 serão diagnosticados 10.780 novos casos da doença no Brasil, sendo 8.010 homens e 2.770 mulheres. O esôfago é a porção do sistema digestivo que conduz o alimento da boca ao estomago.

 

Como diagnosticar

O diagnóstico da doença é realizado por meio da endoscopia digestiva, exame de imagem que investiga o interior do tubo digestivo, realizando biópsias que confirmam diagnóstico. Segundo De Paulo, é necessário realizar o exame a partir dos 40 anos em fumantes ou em pessoas que ingerem bebidas alcoólicas com frequência. Para quem já teve casos na família, é necessário realizar o procedimento 10 anos antes da idade em que foi descoberta a doença no parente.

 

 

Informações à imprensa:

RS Press

(11) 3868-2505 / (11) 3672-4197
Raquel Ribeiro – 
raquelribeiro@rspress.com.br  
Nicolli Oliveira – 
nicolli_oliveira@rspress.com.br

    DIVULGAÇÃO

 

 


Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção

 

O que é câncer? Definição

 

célulaO corpo humano é formado por tecidos e os tecidos são formados de células. A células são as menores unidades que constituem o nosso corpo; elas crescem e morrem de maneira ordenada e regular.

O que é câncer?

As células sadias que formam os tecidos são como tijolos na construção de uma casa. Porém, elas podem ficar doentes, crescendo de forma desordenada, como se fôssemos construir uma casa com tijolos com formas e tamanhos diferentes. É nestes casos que se forma o câncer, também chamado de tumor maligno ou neoplasia.

Este crescimento desordenado de células pode comprometer outros órgãos e tecidos próximos ou longe do local originalmente doente. É o que chamamos de metástase.

Saiba o que é quimioterapia, como ela funciona no organismo e quais são os efeitos colaterais do tratamento, clique aqui.

O post O que é câncer? Definição apareceu primeiro em Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção.

O que é Quimioterapia?

Posted: 16 Apr 2014 05:14 PM PDT

É um tipo de tratamento em que se utilizam medicamentos para combater o câncer.

Os medicamentos, em sua maioria, são aplicados na veia, podendo também ser dados por via oral, intramuscular subcutânea, tópica e intratecal, como explicaremos a seguir. Estes medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo, também, que se espalhem pelo corpo.

Como é feito o tratamento?

Após a consulta médica e a liberação dos exames laboratoriais, sua quimioterapia será marcada e você receberá do enfermeiro da central de quimioterapia orientações sobre o seu tratamento, de acordo com a prescrição médica. O tratamento, que será administrado por profissionais capacitados da equipe de enfermagem, pode ser feito das seguintes maneiras:

Ambulatorial: – o paciente vem de sua residência para receber o tratamento.

Internado: – o cliente é hospitalizado durante todo o período do tratamento.

Como é administrada a quimioterapia?

O tratamento pode ser realizado das seguintes formas:

quimioterapia tratamentoVia oral (pela boca) – São remédios em forma de comprimidos, cápsulas e líquidos, que você pode tomar em casa.

Intravenosa (pela veia) – A medicação é aplicada na veia ou por meio de cateter (que é um tubo fino colocado na veia), na forma de injeções ou dentro do soro.

Intramuscular (pelo músculo) – a medicação é aplicada por meio de injeções no músculo.

Subcutânea (abaixo da pele) – a medicação é aplicado por meio de injeção no tecido gorduroso acima do músculo.

Intratecal (pela espinha dorsal) – é pouco comum, sendo aplicada no líquor (líquido da espinha), administrada pelo médico, em uma sala própria ou no centro cirúrgico.

Tópico (sobre a pele) – O medicamento, que pode ser líquido ou pomada, é aplicado na pele.

Existem outros tipos de tratamento associados à quimioterapia?

Sim, a radioterapia e cirurgia.

A quimioterapia causa dor?

A única dor que você deverá sentir é a da "picada" da agulha na pele, na hora de puncionar a veia para fazer a quimioterapia. Algumas vezes, certos remédios podem causar uma
sensação de desconforto, ardência, queimação, placas avermelhadas na pele e coceira.

Avise imediatamente ao profissional que estiver lhe atendendo se você sentir qualquer um desses sintomas.

Não estou sentindo mais nada. Por que ainda estou fazendo quimioterapia?

O fato de você estar se sentindo assim não significa que as aplicações devam ser suspensas. Significa que você está respondendo bem ao tratamento e o seu médico indicará o momento em que as aplicações deverão terminar em função das características de sua doença.

A minha vida precisa mudar?

A sua vida não precisa mudar e você poderá manter suas atividades de lazer e trabalho. Porém, é possível que você sinta necessidade de repousar nos primeiros dias após o tratamento. Se você sentir que o tratamento está interferindo com o seu trabalho e lazer, converse com o seu médico.

E minhas atividades sexuais?

A quimioterapia não interfere necessariamente com as atividades sexuais. Essas atividades podem ser mantidas normalmente. Porém alguns assuntos devem ser abordados:

  • Uso de preservativos: A camisinha deve ser utilizada com rigor durante as relações sexuais, para proteger o casal caso ocorra eliminação de quimioterapia no sêmen ou secreção vaginal. Além disso, ela pode prevenir infecções caso estejam no período de baixa imunidade.
  • Reprodução e sexualidade: A quimioterapia pode causar efeitos indesejáveis, como a suspensão temporária da menstruação, a menopausa precoce nas mulheres e andropausa nos homens, levando a disfunções sexuais, ondas de calor, ressecamento vaginal e perda da libido. Caso você esteja em idade reprodutiva e deseje ter filhos, aconselhe-se com o seu médico para que ele o oriente sobre os métodos de fecundação.
  • Gravidez: Durante o tratamento quimioterápico a gravidez deve ser evitada, uma vez que os remédios podem causar má formação fetal. Consulte o seu médico quanto ao melhor método contraceptivo a ser usado durante seu tratamento.

Posso tomar outros remédios?

Caso tenha outros problemas de saúde informe ao seu médico. Mas, a princípio, não interrompa o uso de remédios. Caso você precise de consulta médica fora do local de tratamento do câncer, informe ao médico que já está em tratamento aqui no Instituto e sobre os remédios que estiver tomando. Avise também ao seu médico do tratamento sobre a consulta externa.

Posso tomar bebidas alcoólicas?

Você não está proibido de tomar bebidas alcoólicas, a não ser que esteja tomando antibióticos e tranquilizantes, porém é aconselhável parar ou evitar o consumo durante o tratamento quimioterápico.

Como os quimioterápicos são eliminados do corpo?

Após fazer o efeito desejado, a medicação é eliminada do corpo, principalmente através da urina, mas também pode ser encontrada nas fezes, vômito, suor, lágrimas e sêmen.

Efeitos colaterais

carequinhaQueda do cabelo:

A queda do cabelo pode ser total ou parcial e leva geralmente de 14 a 21 dias. Alguns pacientes nessa fase preferem cortar o cabelo antes de cair.

Outros pacientes já preferem esperar que ele caia para, então, tomar a decisão de cortar e/ou usar bonés, lenços e perucas. Não se preocupe, pois este efeito é temporário e reversível e o cabelo voltará a crescer após o término da quimioterapia.

Alguns hospitais como o INCA, possuem serviço de voluntariado que empresta perucas durante o tratamento.

Ao sentir-se angustiado, converse com o médico e/ou enfermeiro sobre seus sentimentos e se necessário procure o serviço de psicologia.

Prisão de ventre

Ocorre quando há dificuldade de evacuar e/ou quando há retenção de fezes por vários dias.

Recomenda-se:

• optar por alimentos ricos em fibras como: laranja, mamão,
ameixa, uva, vegetais e cereais integrais;

• beber mais líquidos (água, sucos, refrescos, por exemplo);

• realizar alguns exercícios físicos leves como, por exemplo, caminhar;

• estabelecer um horário regular para evacuar.

Caso a prisão de ventre persista, procure seu médico.

Diarreia

Ocorre quando há alterações no volume, frequência e consistência das fezes. Alguns remédios podem causar diarreia em maior ou menor intensidade.

Recomenda-se:

• dar preferência aos alimentos gelados, líquidos e pastosos;

• dar preferência a alimentos sem gorduras e condimentos como: arroz, batata, cenoura, banana, maçã, caju, goiaba, frango;

• beber pelo menos dois litros de líquido (água, sucos, chás, refrescos, por exemplo) por dia.

Caso persista a diarreia por mais de dois dias, procure seu médico.

Feridas na boca

A quimioterapia pode provocar o aparecimento de feridas parecidas com aftas na boca, estômago e intestino.

Recomenda-se:

• inspecionar diariamente a boca;

• manter a boca sempre limpa, principalmente após as refeições, utilizando escova de dentes com cerdas macias;

• evitar alimentos ácidos, condimentados, de consistência dura e quentes.

Enjoo e vômito

alimentação quimioterapiaAlguns remédios utilizados produzem uma irritação nas paredes do estômago e intestino, causando enjoo e/ou vômitos.

Nesses casos, recomenda-se:

• tomar os remédios contra enjoos e vômitos conforme orientação médica, e não somente quando apresentar os sintomas;

• evitar alimentos e carnes gordurosos e condimentados (pimenta, cominho);

• alimentos frios ou em temperatura ambiente e bebidas gasosas são bem tolerados (sorvetes, gelatina);

• procurar se alimentar mais vezes por dia e em pequenas quantidades;

• procurar se alimentar em ambiente calmo e tranquilo e livre de odores;

• mastigar bem os alimentos;

• não realizar esforços físicos após as refeições.

Hiperpigmentação

Alguns remédios utilizados no tratamento quimioterápico podem causar escurecimento da pele quando exposta aos raios solares, principalmente nas dobras das articulações, nas unhas e no trajeto das veias.

Recomenda-se:

• aplicar protetor solar fator 30 nas áreas expostas ao sol;

• evitar exposição ao sol das 10 às 16 horas;

• usar chapéu ou boné para proteger a face e a cabeça;

• manter a pele sempre hidratada usando cremes sem álcool e sem hormônio.

Anemia, leucopênia e trombocitopênia

Os remédios usados para combater as células doentes também destroem algumas das células sadias do nosso organismo. As células mais afetadas são as do sangue, como os glóbulos brancos, que defendem nosso organismo de infecções, os glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio para todas as partes do nosso corpo, e as plaquetas, que atuam na coagulação do sangue.

Quando as taxas sanguíneas diminuem, podem aparecer sintomas como cansaço aos pequenos esforços, falta de ar, palidez, febre, pintas avermelhadas na pele, manchas roxas e vermelhas e sangramentos.

Recomenda-se:

• evitar lugares fechados, sem ventilação e com aglomeração de pessoas;

• evitar o contato direto com animais domésticos e suas excretas;

• manter boa higiene corporal e bucal;

• inspecionar regularmente a pele, a boca, o ouvido e o nariz à procura de alguma lesão e/ou manchas;

• proteger a pele de ferimentos ao se depilar, barbear, cortar as unhas e não espremer cravos e espinhas;

• procurar ter um bom sono e repouso;

• manter uma dieta saudável, rica em legumes, verduras, frutas, cereais e pobre em gorduras;

• medir a temperatura sempre que perceber qualquer alteração.

Não faça uso de vacinas (campanhas ou regulares) sem a autorização do seu médico.

Procure o hospital em caso de:

• febre igual ou superior a 37,5ºC;

• pintas ou manchas avermelhadas na pele;

• sangramentos;

• palidez e cansaço aos pequenos esforços.

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Divisão de Comunicação Social. Quimioterapia / Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, Divivisão de Comunicação Social.. — 3. ed. — Rio de Janeiro : Inca, 2013.

O post O que é Quimioterapia? apareceu primeiro em Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção.

CONVITE Oficina para editais da DLLL

>
> OFICINAS PARA OS EDITAIS DA DIRETORIA DO LIVRO, LEITURA, LITERATURA E
> BIBLIOTECAS
>
>
> As equipes da Representação Regional de São Paulo do Ministério da Cultura
> e da Fundação Cultural Palmares estarão em algumas regiões para apresentar
> os Editais da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas. Além
> destes encontros, os candidatos podem solicitar apoio presencialmente, por
> telefone ou email.
>
> Os Editais foram lançados em março pela Ministra da Cultura, Marta
> Suplicy, e foram formulados de forma integrada entre a Secretaria do Plano
> Nacional do Livro e Leitura (PNLL), a Diretoria de Livro, Leitura,
> Literatura e Bibliotecas – DLLLB e em diálogo com a sociedade civil.
>
> O montante investido será de R$6,6 milhões divididos em quatro ações:
>
> - Prêmio Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas (R$
> 1.700.000,00);
> - Bolsas de Fomento à Literatura (R$ 1.900.00,00);
> - Prêmio Leitura Para Todos: projetos sociais de Leitura (R$
> 1.500.000,00);
> - Circuito de Feiras de Livros e Eventos Literários (R$ 1.500.000,00)
>
> As inscrições para os Editais estão abertas até o dia 02/05 e devem ser
> feitas pelo sistema SalicWeb:
>
> http://sistemas.cultura.gov.br/propostaweb/
>
>
> Para saber mais sobre cada um dos Editais, clique aqui:
> http://snbp.bn.br/lancamento-de-editais-da-diretoria-do-livro-leitura-literatura-e-bibliotecas-dlllb/
>
>
> CRONOGRAMA DAS PRÓXIMAS OFICINAS:
>
> Capital – Zona Leste
> Terça-feira (22/04) - 19hs
> Local: EE Jornalista Francisco Mesquita
> Rua Venceslau Guimarães, 581 - Jd. Verônia - Ermelino Matarazzo
> Parceiro: Edições Um por Todos/Mesquiteiros
>
> Capital- Centro
> Quarta-feira (23/04) - 19hs
> Alameda Nothmann, 1058 – Santa Cecília – São Paulo
> Auditório do MinC
>
> Região do Alto Tietê
> Sábado (26/04) - 18hs
> Local: Teatro Contadores de Mentira
> Av. Major Pinheiro Froes, 530 - Parque Maria Helena - Suzano – SP
> (Rua da Estação de trem e do Terminal de ônibus)
> Parceiro: Associação Literatura no Brasil
>
>
> ▪Para confirmar presença em um dos encontros, favor enviar email para
> comunicacao.sp@cultura.gov.br, com seu nome, local e data da oficina em
> que estará presente.
>
> ▪Plantão para sanar dúvidas: Alameda Nothmann, 1058 - (11) 2766.4300
>
>
>
> > FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES/MinC
> Representação Regional São Paulo-SP
> Telefone: (11) 2766-4320 / 2766-4322
> Alameda Nothmann, 1058 - Campos Elíseos
> CEP 01216-001 São Paulo/SP
>
> www.palmares.gov.br
> facebook.com/PalmaresGovBr
> @culturanegra
>
>
>

Cidinha informa


Memória de Juruna, o índio deputado

 

Por Cynara Menezes

Parece incrível, mas em 125 anos de República o Brasil só teve um parlamentar indígena: Mario Juruna (1942-2002). E nunca mais foi Dia do Índio no parlamento desde que ele saiu de lá –em vez disso, multiplicaram-se no Congresso os inimigos da causa indígena. No final da década de 1970, Juruna se tornara conhecido por empunhar um gravador onde registrava as falsas promessas feitas por altos funcionários do governo de devolver as terras dos Xavante. Dizia: "homem branco mente muito". Acabou eleito deputado federal pelo PDT de Darcy Ribeiro e Leonel Brizola, com mais de 30 mil votos, na eleição de 1982.
Sua passagem pelo Congresso foi marcada pela tentativa de ridicularizá-lo e de transformá-lo num bufão. Jô Soares, em seu programa humorístico na Globo, logo criou um índio que mal sabia falar o português para que os telespectadores rissem dele. O general João Baptista de Figueiredo, último presidente militar, foi o primeiro a rosnar contra Juruna, dizendo que o Rio de Janeiro só tinha eleito "índios e cantores de rádio". Seu ministro da Aeronáutica, Délio Jardim de Matos, verbalizou a definição inconfessável que estava em todas as cabeças da direita: "aculturado exótico".
O líder xavante fora convencido a entrar na política por Darcy, que denunciou a campanha contra o índio deputado feita sobretudo pela imprensa. "Este índio novo, tão melhor armado para a sua própria defesa, provoca grandes antipatias. O seu símbolo maior, Mário Juruna, chega a desencadear ódios como se fosse um ser detestável. É profundamente lamentável que até a imprensa mais respeitável do país, a exemplo do Jornal do Brasil, tenha mantido, durante anos, uma campanha sistemática de desinformação contra o deputado Mário Juruna, através dos procedimentos mais antiéticos, indignos da sua tradição jornalística." Segundo Darcy, foi "graças à mobilização que ele fez de todos os Xavantes e à declaração de guerra que impôs à sociedade brasileira, que recuperou para o seu povo mais da metade do território tribal, roubado com a conivência de funcionários da FUNAI".
(Darcy Ribeiro e Juruna. Foto: Orlando Brito)
No dia da sua posse como deputado, em março de 1983, Juruna foi aplaudidíssimo, mais até que Ulysses Guimarães. Decidido a só fazer seu primeiro discurso no Dia do Índio, resolveu falar uns dias antes apenas para reclamar das alfinetadas de Figueiredo. "Estou muito revoltado. Este presidente da República tem que fazer serviço para garantir emprego ao povo brasileiro e não para fazer campanha de calúnia contra as pessoas. Eu sou contra a repressão, contra a violência e também contra a mentira e a sujeira. O presidente não pode falar besteira, que é contra a eleição, que é contra mim. Graças a Deus fui eleito pelo Rio de Janeiro. Os cariocas me deram oportunidade para vir a Brasília, onde existe pecado, existe treteiro, existe corrupto, para protestar contra o que está errado. O governo federal quer ganhar eleições em todos os Estados do Brasil, mas ele não vai ganhar a consciência do povo, do homem carecido. O presidente não pode meter o pau em nenhum companheiro, em nenhum deputado. Ele que salve o Brasil."
No dia 19 de abril, como prometido, subiu à tribuna e voltou à carga, valente, criticando os ministros do governo militar e pedindo sua demissão. Em setembro de 1983, iria além e chamaria os ministros de ladrões. "Todo ministro é a mesma panelinha, é a mesma cabeça. Não tem ministro nenhum que presta. Pra mim todo ministro é corrupto, ladrão, sem vergonha e mau caráter. Não vou dizer que todo ministro é bom, legal e justo. Vou dizer que todo ministro é do mesmo saco que aproveita o suor do povo trabalhador".
Figueiredo, furioso, chegou a pedir a cassação de Juruna, mas o deputado acabou recebendo apenas uma censura por parte da Mesa. Em 1985, Mário Juruna denunciaria a tentativa de Paulo Maluf de comprar seu voto no colégio eleitoral. Devolveu o dinheiro e votou em Tancredo Neves. Desgostoso com a política após não conseguir se reeleger em 1986, Juruna morreu em 2002, vítima de diabetes. O único índio deputado morreu pobre e esquecido.
Neste Dia do Índio tão pouco lembrado, reproduzo trechos daquele primeiro discurso histórico de Juruna como deputado federal. Triste constatar como muitas das críticas que ele fazia continuam atuais. Quando vai surgir um novo Juruna no Congresso?
***
Por Mário Juruna, 19/04/1983, Congresso Nacional
Eu quero apresentar exemplo com minha candidatura, porque hoje já podia ter deputado índio. Podia ter deputado aqui no Brasil mas nós não somos culpados. Quem é culpado, é responsável, é essas pessoas que não dão oportunidade pra índio. É por isso que nós só aprende, só estuda o primário.
Então primeiro eu quero falar em nome do companheiro trabalhador, porque vocês é a mesma coisa como índio, como posseiro, é a mesma coisa como lavrador e é a mesma coisa como a tribo. Esse pessoal que está lá em cima, que a gente sofre repressão da autoridade, esse pessoal é o filho do empresário, o filho do deputado, o filho do senador. Esse resto que é o pessoal filho de pobre, eu quero considerar mais ainda esse pessoal que leva sacrifício, pessoal que sofre muito mais que a gente que está vivendo muito bem aqui na Câmara Federal.
E muita gente que achava, quando eu entrei na política, muita gente falava contra Juruna, falava: "Imagina como que Juruna vai entrar no plenário, imagina, o índio, o que é que vai resolver no plenário, como é que índio vai representar índio?" E eu quero saber: imagina, o que é que o branco pode? Talvez índio pode representar melhor do que qualquer deputado, qualquer senador e qualquer da República.
Juruna é o primeiro índio que está representando brasileiro, porque o governo brasileiro não dá oporunidade pra índio, porque ele quer continuar tutelar toda vida índio. E nós não somos tutelados, somos responsáveis, nós somos gente, nós somos ser humano.
Quem não tem consciência, me trata como objeto, me trata como boneca. E quando eu passo aqui dentro de plenário e alguns companheiros à frente de mim e diz cara emburrada é ridículo. Eu não vim aqui fuxicar com ninguém, eu vim aqui pra trabalhar, pra defender povo, eu vim aqui pra lutar. Eu quero que gente começa a respeitar nome de Juruna. Eu quero que gente trata índio brasileiro o mais possível dentro do melhor.
Cada um de nós tem consciência e cada um de nós tem capacidade. Ninguém tem menos capacidade. Todos nós tem capacidade e todos nós tem inteligência e todos nós tem a vontade para assumir onde que existe poder. Eu acho esse já é fruto está nascendo aqui dentro do Brasil, esse já é sinal está nascendo aqui dentro do plenário. Único índio que tá falando hoje, único deputado que tá falando hoje: não é terceiro, não é quinto deputado, não é cinquenta deputado. Se tiver ao menos mais cinquenta Juruna, o Juruna já tinha mudado o Brasil.
Governo da República não pode ser indicado por uma pessoa. Presidente da República tem que ser mais votado com povo brasileiro. Até eu me lembro muito bem que antes de 64 Brasil tinha muito ouro, era muito sagrado e hoje Brasil não tem mais muito ouro não. Está estragado. O Brasil não tem mais ouro. Quem está estragando o Brasil é o próprio governo federal, é este presidente da República que está estragando nosso Brasil, junto com Delfim, esse responsável pelo Brasil.
Quero falar problema do Brizola. O Brizola é homem, foi cassado, como acontece com o índio, por isso eu apoio Brizola e por isso quero dar liberdade para Brizola, porque, como acontece com o posseiro, como acontece com o índio, o Brizola foi expulso do Brasil sem necessidade. E por que o governo não expulsa outro agora? Expulsa todo o ministério, tira todo o ministério! Bota na rua todo mundo!
Se o governo federal, ele tem capacidade, ao lado do povo, se o governo federal assume, como homem, tira meia dúzia de ministro que atrapalha o nosso Brasil. Tirava meia dúzia, o presidente da República, qualquer um de nós apoiava ele. Nós apoiamos o presidente da República e nós levava para crescer mais ainda o nome dele. Desse jeito, ninguém vai apoiar o presidente. Ninguém pode apoiar sujeira. Eu mesmo não pode apoiar sujeira porque eu quero que o presidente muda o nosso Brasil. Porque o presidente é responsável da Nação, o presidente é juízo do povo, o presidente é o pai do povo, o pai do Brasil. Agora, como está hoje, o presidente é o pai do povo? Não existe pai do povo, não. Aqui não tem pai do povo, não.
O presidente foi eleito com empresário, presidente foi compromisso com multinacional, com fazendeiro, com empresário e grande empresário. Se presidente pai do Brasil, presidente segurava toda barra que está acontecendo no Brasil. E aqui gente tá morrendo. E por quê? Porque não tem presidente, não tem autoridade. E toda autoridade é comprada, toda autoridade está se vendendo, quer o dinheiro, quer ganhar dinheiro.
Às vezes, presidente é bom e assessor diretor quem engana o presidente, assessor que não leva verdade para presidente. Por isso que presidente passa mal assessorado. Se tiver assessor bom, se tiver diretor bom que levava recomendação do povo, eu acredito que presidente atendia pedido do povo.
Sou homem do povo, sou homem de campo, quando me criei não encontrei nem um branco, não encontrei nem um avião, nem automóvel, nem estrada; onde me criei era sertão, eu só escutava canto do passarinho, e hoje eu encontro muito pressão contra índio, e invasor, e estrada. A gente está recebendo muita pressão.
Quando eu tive na Holanda, é país pequeno, todo holandês vive igual. Aqui Brasil é muito grande e muita gente tá precisando da terra. Aqui eu quero pedir a V.Excia., presidente, vamos pensar juntos, vamos reformar o nosso Brasil, viu? Vamos dividir, terra é para posseiro, é terra para fazendeiro, é terra para índio, vamos dividir a nossa terra.


Atos políticos por Cláudia

 

Por Cidinha da Silva


A morte de Cláudia da Silva Ferreira, baleada e arrastada por um carro de polícia, movimentou as águas primevas da lagoa de Nanã que habita todas as mulheres negras. Águas que irrigam a terra e formarão o barro que iniciará a vida dos seres. Águas paradas, aparentemente, mas plenas de mistérios e convulsões.

A morte de Cláudia reverbera como sino em corações e mentes atormentados, aturdidos. Em resposta, as águas pretas, na forma de pequenos igarapés tomam a rua.  Somos Todas Cláudias! Todas as que estão na linha de frente com canetas, teclados, microfones, pincéis, panfletos, câmeras, tambores, barracas de camelô, celulares, corpos negros, corpos de negras. E as que estão na retaguarda, a lavar, passar, cozinhar, coser, cuidar e cuidar. Avós, mães, tias, primas, as mais simples e trabalhadoras mulheres. Corpos negros, corpos de negras. Somos Todas Cláudias!

A Paixão de Cláudia não comove o mundo. Seu calvário configura apenas mais um corpo negro, corpo de negra, arrastado sob o olhar desracializado das pessoas comuns que pagam impostos, gozam de segurança particular e passaporte constitucional para transitar pelas ruas de favelas e bairros ricos com liberdade.

Mas as mulheres negras saem às ruas, convocadas por Cris Pereira, em Brasília, e por Renata Felinto, em São Paulo. Artistas do canto e da plasticidade visual, desconhecidas pelas clássicas organizações políticas.

Sinais de tempos novos, de estratégias de mobilização que reinventam o sentido da atuação coletiva. Que inscrevem o poder criativo como ponto de pauta, patamar de luta. Que mobilizam as águas da transformação. Oxalá o clássico saiba reconhecer e potencializar o novo como herdeiro legítimo. Oxalá não tema a passagem do bastão.