Digital ***Rádio e Tv: PROJETO "CAVALO DE LATA" SUBSTITUI ANIMAIS DE CATADORES POR VEÍCULO ELÉTRICO
Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

PROJETO "CAVALO DE LATA" SUBSTITUI ANIMAIS DE CATADORES POR VEÍCULO ELÉTRICO

Foto: ciclovivo.com.br
 
Sensibilizado com as condições precárias enfrentadas pelos catadores de materiais recicláveis e por animais, que são frequentemente utilizados para transportar pesos excessivos por longos períodos sem descanso, Jason Duani Vargas, engenheiro de produção, desenvolveu o Projeto Cavalo de Lata, um veículo elétrico urbano para coleta seletiva, capaz de carregar até 500 kg.
 
Criado no final do ano de 2012, o protótipo foi montando a partir de peças de motos e bicicletas sobressalentes nas oficinas mecânicas das proximidades (o que facilita sua manutenção), é ligado a um kit de seis baterias, pode ser recarregado em rede elétrica caseira e tem capacidade para circular por 60 quilômetros numa velocidade aproximada de 25 km/h.
 
O automóvel movido por eletricidade não emite poluição e consome de dois a seis centavos por quilômetro rodado. Além disso, ainda conta com cintos de segurança, lâmpadas de LED, freios a disco, sinalizadores laterais e faixas reflexivas, seguindo as medidas determinadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
 
No entanto, apesar de beneficiar a saúde dos profissionais que atuam na coleta de reutilizáveis e reduzir o número de bichos que sofrem por maus-tratos, o veículo precisa de apoio para ser produzido e, finalmente, implantado no cotidiano das cooperativas de catadores de lixo. Por isso, o projeto foi colocado na plataforma de financiamento Catarse, com doações a partir de 10 reais. "Se não alcançarmos a meta, os valores serão devolvidos", afirma o criador do Cavalo de Lata. Veja aqui como apoiar por meio do Catarse ou acompanhar as novidades através da Fanpage.
 
 
 
 
 
 
 
DIVULGAÇÃO: